24.1.06

Mudando e Aprendendo...

Depois de quase um ano fora de casa posso dizer que no mínimo revi meus conceitos.
Percebi que o mundo não se resume ao que conheço, ao que tomei como meu mundinho impenetrável;
...Que existe mais preconceito do que deveria e que é preciso perdê-los para viver bem;
...Que minha família é mais importante e faz mais falta do que eu imaginava, mas que sempre estarão lá pra mim, por mais que eu passe mais de uma semana sem ligar em casa;
...Que os verdadeiros amigos continuam amigos mesmo a quilômetros de distância e após tempestades;
...Que administrar meu ap é mais difícil que arrumar meu quarto;
...Que mesmo com poucos meses de convivência existem pessoas que se tornam fundamentais... e que por isso a greve é Xzamol;
...Que antes de qualquer coisa existe respeito e é preciso dar para receber;
...Que o ser humano não é perfeito e comete erros.. é preciso saber perdoar;
...Que cozinhar pode ser uma aventura bem perigosa, mas que com a casa cheia de amigos sempre terei minhas cobaias... hahaha;
...Que não sei cozinhar feijão, mas vou aprender;
...Que posso ser uma pessoa extremamente estressada quando algo afeta coisas que amo;
...Que amo o curso que faço e que é através das dificuldades que construímos algo;
...Que um (ou dois) nariz de palhaço é bem útil;
...Que vale a pena arriscar;
...Que um tombo não dói pra sempre;
...Que o grande amor existe e felizmente eu encontrei o meu;
...Que é bom amar e sentir-se feliz simplesmente pela existência do outro;
...Que saudade é paradoxo. Bom sentir, mas dói;
...Que eu tenho hábitos obesos, mas que correr na chuva pode ser uma boa solução pra isso;
...Que é preciso lutar por algo para me sentir útil;
...Que sou politicamente mais revoltada do que eu imaginava;
...Que eu quero ficar mais uns 10 anos na Universidade... hahaha;
...Que por mais obstáculos que existam é muito bom saber viver a vida e sugar tudo de bom que ela oferece;
...Que esse foi apenas um ano... e que cada próximo será melhor que o anterior;
...Que ser de bem com a vida faz bem até pra pele... E quero manter minha pele jovem por muito tempo!!! rs...
...Mas se a pele envelhecer me contento em ter minha alma criança!

7 comentários:

aninha disse...

wow!

e digo mais: woooooooooow!

amei. amei. amee.

...Que um tombo não dói pra sempre;

era EXATAMENTE o que eu precisava ler.

=*

Jack Pai disse...

Phodááááásticoooo
até justifica ser um texto repitido...

(e a merda da exclamação ainda não funciona...)

beijos

†.MeL.† disse...

Amoor...Seus textos ficam cada vez melhoores neh?!Nem tenho oq diize,vc eh minha escritoora preferida e tah cansada d sabeer disso ^^.Obg por me ajudá qndo eo preciso.Por ficaar do meo lado.Por ser minha amiga de veerdade!Eu sei q qndo precisah posso contah cm vc...E digo o msmo por mim!Qlqer coisa to aki sempre!
Te amo mto Mandinha!
=*

BIA disse...

Que lindo!! Dorei, Mandinha!!

tigresse disse...

alma de criança; às vezes eh fraca pra aguentar.. mas pa

*;

Mariah Menezes disse...

Bom... fico feliz por mesmo sem citar nomes, fazer parte de alguma coisa que vc aprendeu esse ano que passou!! Saiba que correr na chuva tb me fez perder alguns hábitos obesos... mas eu sei cozinhar feijão... o que me deixa a alguns metros a sua frente.... hahahahaha!!!
Mas saiba que ainda não acabou... vc vai ver que tudo isso que vc já aprendeu, vai aprender mais um pouco sobre e muito mais coisas novas!!!
Espero que eu possa estar do seu lado pra te apoiar em algumas coisas difíceis... e que eu possa ver uma estrela (que é vc!!!) brilhar mais a cada ano que passa!!!
Bom demais como sempre...
Beju pra ti vizinhaaaa

Larissa Paixão disse...

Não te conheço, mas o texto q vc fez é de+.
Espero que ñ se importe eu o usarei para uma apresentação de teatro. Tô procurando um monólogo há bastante tempo mas até agora não encontreei nada haver com o que eu queria.

Seu texto é perfeito.
Vc tem um talento surpreendente.